Quando fazer o papanicolau? Veja 5 casos!

Uma pesquisa do Observatório de Atenção Primária à Saúde da Umane identificou que 20% das mulheres das capitais brasileiras nunca realizaram o papanicolau. Entre as pessoas mais jovens, esse número sobe assustadoramente: são mais de 64% da população do sexo feminino. No entanto, esse é o principal exame ginecológico para a identificação precoce do câncer do colo de útero, o terceiro que mais mata pessoas do sexo feminino no país.

Se você tem 25 anos ou mais e também nunca realizou esse exame, chegou a hora de mudar esse cenário. E a Oya te ajuda: neste conteúdo, separamos 5 situações em que fazer o papanicolau é fundamental. Confira! 

O que é o papanicolau?

O exame papanicolau é um dos mais importantes exames de rotina ginecológica, graças ao seu caráter preventivo: a partir dele, é possível identificar, de forma precoce, o câncer de colo de útero e algumas infecções que podem afetar saúde de pessoas do sexo feminino.

Em geral, é um exame rápido, sem contraindicações. É feito pela via vaginal, ele pode causar um certo desconforto, principalmente em quem nunca passou por ele antes, mas com o tempo e uma abordagem acolhedora da ginecologista, o processo tende a ficar mais fácil.

Além disso, ele não exige preparos diferentes dos cuidados que já são comuns antes de uma consulta ginecológica, como evitar ter relações sexuais por pelo menos 2 dias e deixar de usar cremes ou pomadas vaginais por pelo menos 3 dias.

Por que o papanicolau é importante?

A principal razão para o papanicolau ser considerado um exame tão importante é o seu aspecto preventivo. A partir dele, é possível identificar lesões no colo do útero que podem ser precursoras do câncer de colo de útero. 

Também é comum que notar, durante o exame, alguns sintomas de doenças fúngicas, como a candidíase. A presença de corrimentos de cor incomum ou de cheiros fortes também pode ser notada, indicativa de infecções que demandam a atenção ginecológica.

5 casos em que você deve fazer o papanicolau!

Agora que você já sabe o que é o papanicolau e por que esse exame de rotina ginecológica é tão importante, confira 5 casos em que você deve agendar o seu. 

E lembre-se: este é um exame que, por recomendação do Ministério da Saúde, deve ser feito anualmente por mulheres de 25 a 60 anos, exceto nos casos em que a ginecologista te “liberar”, tá?

#1 Quando você iniciou a sua vida sexual

O papanicolau não possui contraindicações, mas só costuma ser feito em mulheres que já têm vida sexual ativa. Mesmo no caso de pessoas com vulva que se relacionam com outras pessoas com vulva, ele é fundamental para o acompanhamento da sua saúde ginecológica.

Com o papanicolau, você pode identificar sinais iniciais de diversas infecções sexualmente transmissíveis e iniciar o tratamento mais rapidamente. Além disso, no caso de lesões na vagina, você pode investigar suas causas e evitar que elas evoluam para casos mais graves.

#2 Quando você sente dor na relação sexual

É sempre importante lembrar: sentir dor na relação sexual não é normal. Quando isso começa a acontecer, é fundamental ir até uma ginecologista para fazer o papanicolau e descartar possíveis doenças e infecções que tenham este como um dos sintomas.

É claro que a dor pode ter relação com outros problemas, como o vaginismo, que não são detectados em exames físicos. Nesses casos, porém, o papanicolau ajuda a eliminar outras suspeitas e possibilita o início do melhor tratamento para o seu caso o mais rápido possível.

#3 Quando você tem um corrimento diferente do normal

Nem toda secreção vaginal é corrimento, mas é preciso estar atenta quando ele começa a aparecer. Alguns casos são mais preocupantes do que outros, mas toda secreção de cor e cheiros incomuns deve ser avaliada mais de perto. E o papanicolau permite que isso aconteça mesmo quando ela está apenas começando.

Além disso, os resultados do papanicolau ajudam a identificar possíveis infecções mesmo que elas ainda não tenham se manifestado. Ou seja: é o exame ideal para quem não quer nem chegar perto de passar um perrengue ginecológico.

#4 Quando você quer evitar ISTs

Talvez você não saiba, mas a grande maioria das infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) são assintomáticas. Isso significa que você pode estar infectada sem saber — e mais: por uma pessoa que também pode nem imaginar que tem alguma IST.

Nesses casos, o papanicolau serve como aquela amiga que te dá um toque quando algo não está muito certo. A análise em laboratório pode indicar infecções em estágio inicial, mesmo que os primeiros sintomas ainda não tenham aparecido. É o caso, por exemplo, do HPV.

Dessa maneira, você consegue iniciar o tratamento e tem mais chances de sucesso. No caso do HPV, por exemplo, você consegue impedir que ele evolua para um quadro mais grave, como o câncer de colo de útero.

#5 Quando você quer engravidar, agora ou no futuro

O papanicolau também é um parceiro importante para pessoas que querem engravidar, agora ou no futuro. Ele ajuda a prevenir a mulher contra o câncer de colo de útero. Infelizmente, essa doença pode levar à necessidade até da retirada completa do útero (cirurgia chamada histerectomia), o que compromete de forma irreversível o futuro reprodutivo.

Gostou de saber mais sobre o papanicolau? Agora é só agendar a sua consulta e fazer o exame! E para te deixar ainda mais segura, você pode entender melhor o que uma ginecologista faz na primeira consulta. Vamos juntas?

ESCRITO POR

Dra. Natalia Ramos Seixas

REVISADO POR

Dra. Natalia Ramos Seixas

A Dra. Natalia Ramos Seixas é a líder médica da Oya Care, especialista em fertilidade e reprodução humana.

Responda todas as suas dúvidas

Nossa equipe de ginecologistas especializados em fertilidade, ginecologia endócrina e sexualidade pode te ajudar

Conheça a Oya Care

Acreditamos que conhecimento é poder e esse é nosso espaço para falar sobre vários assuntos importantes para sua saúde, sua fertilidade e muito mais

Leia também

Desvendando os B.Os da Vulva

Toda pessoa do sexo feminino já passou por alguns BOs da vulva, mas ainda sente vergonha de falar sobre o assunto.

Conheça a Oya Care

Acreditamos que conhecimento é poder e esse é nosso espaço para falar sobre vários assuntos importantes para sua saúde, sua fertilidade e muito mais